Aedes aegypti: comitê municipal articula novas ações

O Comitê Municipal para o Controle do Aedes aegypti se reuniu nesta quinta-feira (18), no Paço Municipal, para atualizar as informações sobre a dengue, febre chikungunya e zika vírus e definir novas ações para o enfrentamento do mosquito na cidade.

A partir da criação do comitê, em dezembro do ano passado, foram feitas diversas ações intersetoriais, mostrando a intensidade do trabalho de combate ao mosquito. Entre os destaques estão as atividades em parceria entre a Prefeitura e o Exército, por meio do 12º Grupo de Artilharia e Campanha (GAC).

Integrantes atualizaram grupo sobre ações desenvolvidas

Integrantes atualizaram grupo sobre ações desenvolvidas

O gerente da Unidade de Vigilância de Zoonoses, Carlos Ozahata, informou ao grupo que a campanha de visita casa a casa, com apoio do GAC, nessa quinta-feira (11), percorreu quase 30 bairros, atingindo 8 mil imóveis. Além disso, nesse sábado (13), houve uma nova ação com foco educativo, quando soldados e agentes de zoonoses distribuíram material informativo e conversaram com a população.

Outro ponto importante nesse período foi a intensificação do trabalho com a atenção básica de saúde. “Hoje, cada unidade de saúde tem um profissional de referência para o assunto. Isso está facilitando a comunicação e o atendimento aos pacientes com sintoma da dengue ou de outras doenças transmitidas pelo mosquito, pois a UBS é a porta de entrada para o atendimento”, disse Ozahata.

Durante a reunião, o grupo debateu novas propostas de ações, como redobrar o cuidado com os prédios municipais, mobilizar os servidores e fazer campanhas internas em cada secretaria, agilizar a fiscalização em terrenos baldios e imóveis abandonados, entre outras.

A gestora do Núcleo de Educação Socioambiental da Secretaria de Educação, Claudete Formis, destacou o trabalho em parceria com a Zoonoses, especialmente o Zooeduca. “Estamos programando levar o projeto para a Emeb da Vila Ana e outras três escolas do Vetor Oeste. Além disso, já convocamos as 113 escolas municipais a fazer trabalhos com os alunos sobre o Aedes aegypti e, no dia 15 de março, vamos fazer um encontro com todas as escolas para atualização epidemiológica e apresentação das ações desenvolvidas em cada unidade”, informou.

Além da Saúde e da Educação, participaram da reunião representantes das secretarias de Obras, Comunicação Social, Planejamento e Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Transportes e Defesa Civil.

Comitê
O comitê foi criado no fim do ano passado com o objetivo de integrar as diversas secretarias do Poder Executivo e outras instituições ligadas à saúde, como os hospitais, para intensificar as ações de combate e controle do Aedes aegypti na cidade.

Niza Souza
Foto: Cleber de Almeida


Publicada em 18/02/2016

UVZ Unidade de Vigilância de Zoonoses Jundiaí
Prefeitura de Jundiaí Avenida da Liberdade, s/nº - Jardim Botânico - CEP 13214-900 - Telefone: (11) 4589-8400
Combate ao Aedes | Desenvolvido por CIJUN